sexta-feira, 30 de junho de 2017

Serviço da SDS recupera 32 celulares roubados. Saiba como se cadastrar

  Sistema permite identificar quando os celulares foram roubados ou furtados

Criada há quatro meses, a ferramenta desenvolvida pela Secretaria de Defesa Social (SDS) para recuperar celulares furtados ou roubados em Pernambuco começou a dar resultados. Apesar de tímidos, os números mostram que a tecnologia de combate ao crime é interessante e pode ajudar as vítimas a recuperarem seus aparelhos.

Até agora, segundo a SDS, cerca de 36 mil códigos de celulares estão cadastrados no sistema. A adesão da população, informando os dados de IMEI
(“International Mobile Equipment Identity”, ou Identidade Internacional de Dispositivo Móvel)
, ajuda a polícia a coibir não apenas roubos e furtos, como o crime de receptação.

“Já recuperamos 32 aparelhos. Mas é interessante citar o caso de Caruaru, onde uma loja que vendia celular roubado teve o vendedor autuado em flagrante. Na ocasião, a polícia apreendeu 19 celulares, dos quais cinco tinham restrição de roubo no Alerta Celular, e foram entregues aos seus respectivos proprietários”, afirmou o ex-secretário de Defesa Social, Angelo Gioia.

Ainda segundo Gioia, “o celular é objetivo de 55% dos assaltos. Mesmo ainda fase inicial e em expansão, porque depende do ato voluntário da população, o programa demonstra ser uma ferramenta importante para fazer a polícia chegar nesse mercado clandestino e dificultar sua atuação, além de proporcionar a entrega dos produtos aos verdadeiros donos”.

Como se cadastrar

Para realizar o cadastro, é preciso acessar o site da SDS (www.sds.pe.gov.br), ir à ferramenta Alerta Celular, disponibilizada no lado direito da página. O usuário precisa informar o IMEI. Esse número se obtém, além da consulta à nota fiscal e caixa do aparelho, usando o teclado do próprio celular. Basta digitar *#06#, que o código aparecerá na tela (uma série de 15 dígitos).

Além do cadastro do aparelho, no Alerta Celular, é imprescindível, em caso de furto ou roubo, o registro imediato do crime através de boletim de ocorrência, para facilitar a localização do celular previamente cadastrado no sistema. O aparelho ficará com um alerta no banco de dados, como “aparelho roubado ou furtado”, ajudando assim a sua localização e devolução ao seu real proprietário. Informações como endereço e telefone para contato são imprescindíveis para a devolução do produto.

Fonte: Ronja JC

Nenhum comentário: